As corporações estão saindo do armário

Notícias & Almanaque.

TawantinsuyuQuando o Presidente Obama falou em apoiar seus “gay brothers and sisters” seguiu a linha das empresas atentas para mudanças no perfil dos seus públicos e mercados.

Hoje, muitas empresas têm grupos de afinidade LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros). Embora 41% dos profissionais de LGBT nos Estados Unidos ainda não tenham saído do armário, esta situação está mudando rapidamente. De acordo com um estudo do Center for Talent Innovation, uma organização de pesquisa sem fins lucrativos, que entrevistou 978 (17% gays e 9% lésbicas) empregados de nível superior nos EUA, em 2011 o número de não declarados era de 48%. “Ainda há uma percepção que sair do armário pode dificultar o crescimento da carreira,” disse Todd Sears, um dos autores do relatório.

Mas as empresas que oferecem suporte a funcionários LGBT através de um ambiente inclusivo estão ampliando a satisfação no trabalho e aumentando a produtividade. Principalmente, estão expandindo a sua rede de relacionamentos e atraindo um público de alto poder aquisitivo e de grande influência.

Clique aqui para maiores detalhes.

UTILIZE E CITE A FONTE.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s