Pedalando

CATEGORIA NT

As investigações sobre o trabalho levam a informações e dados muitas vezes curiosos, estranhos e surpreendentes.

Há tempos a preocupação com a saúde dos trabalhadores faz com os médicos e psicólogos recomendem que o trajeto diário entre a casa e o escritório ou fábrica seja feito a pé ou em bicicleta. Recomendação raramente levada em conta nas grandes cidades, já que esbarra em dificuldades impostas pelas distâncias e pelo trânsito.

Mas esta desculpa não cola em toda grande cidade, dizem as pesquisas.

A Copenhagenize, uma empresa de consultoria e comunicação especializada em tudo que tem a ver com bicicletas (!), realizou uma pesquisa na qual lista as melhores cidades para se ir e vir pedalando sobre duas rodas. O sistema de aferição é bem elaborado e completo. O índice de bicycle friendship, inclui 13 indicadores, que vão desde aspectos legais  até infraestrutura, passando por itens como percepção de segurança e cultura ciclística.

Aqui temos o aspecto curioso da coisa. O estranho é que das 150 cidades investigadas não conste entre as primeiras do ranking nenhuma norte-americana. O surpreendente vai por conta do décimo segundo lugar, atribuído ao Rio de Janeiro. Com brilhantes e luzentes 56 pontos, estamos logo atrás de Montreal (a única outra cidade do continente americano). Mais surpreendente ainda é que, tendo progredido do 18º em 2011 para o 12º lugar em 2013, passamos Barcelona e Paris, cidades tradicionalmente bicicletáveis.

05_nantes_copenhagenize_index_2013

UTILIZE E CITE A FONTE.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s