A Holocracia da Zappos

Trabalho & Produtividade

13592572_BG1

A Zappos, uma empresa varejista de vestuário e utilidades domésticas, baseada em Las Vegas, com mais de 1500 empregados, está promovendo uma transição para um sistema de gestão livre de gerentes denominado de Holacracy, um termo derivado do grego holon, que significa “um todo que faz parte de um todo maior” + *kratía, força, poder.

O sistema consiste basicamente na eliminação da hierarquia de cargos formais em favor da sobreposição de “círculos”, onde as pessoas podem ter vários papéis diferentes. O objetivo é aumentar o nível de responsabilidade, já que os empregados passam a responsabilizar e a serem responsabilizados por todos os seus colegas de trabalho. O sistema pretende, também, dar total transparência aos processos administrativos e com isto, resolver rápida e publicamente as fontes de tensão e de lentidão.

Apesar da falta de títulos, alguns executivos terão responsabilidades mais amplas — incluindo a definição da estrutura de pagamento das pessoas que não são oficialmente subordinadas a eles. Haverá, também, um conjunto de especialistas de RH, para administrar a folha.

É a primeira experiência de autogestão, ou melhor, de quase-autogestão, em empresas de grande porte do mundo capitalista neste século. Se funcionar, é possível que marque o início de uma nova era nos regimes de trabalho.

Para saber mais, assista:

utilize

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s