O trabalho transformante

CATEGORIA PT

Maximilien_Luce_-_Les_batteurs_de_pieux_entre_1902_et_1905

Maximilien Luce – Les batteurs de pieux entre 1902 et 1905

No início do século XIX Hegel sustentou que é pelo trabalho e não pela contemplação ou pelo ócio que nos elevamos acima da natureza, que nos alçamos à humanidade. O trabalho nos transforma e transforma o mundo, adequando-os às nossas necessidades. Nos leva a colaborar, a reconhecer o outro. Para Hegel, a obra feita no honra e nos eleva.

Esta fórmula, emprestada de Locke, e reproduzida por muitos, principalmente por Marx, por mais bela e inspiradora que seja, é um dislate argumentativo. Seus frágeis alicerces são uma abstração e uma ilusão. Abstração derivada do conceito idealizado de trabalho. A ilusão da ideia de que o trabalho conforma o mundo à vontade geral.

Hegel abstrai que a quase totalidade do trabalho, de então como da atualidade, é não criativo e que não visa nem tem como adequar o mundo às nossas necessidades. A maior parte do trabalho, de então como de hoje, é mecânico, burocrático, repetitivo, alienante, isto é, distanciado da humanidade, do que há de humano no homem. Tem como propósito deliberado adequar o mundo aos interesses de uns poucos. Por isto restringe, ordena e adestra. Amolda o ser humano ao trabalho, e não o contrário.

Ao longo das últimas décadas, mesmo os mais delirantes devotos das tradições laborais, mesmo os ideologizados de estrita observância, vêm se dando conta que o inverso do trabalho tal como o conhecemos não é nem a indiferença ao mundo e aos outros, nem a solidão, nem a desmoralização pessoal. Que o oposto do trabalho não é a estagnação e o retrocesso. Que a necessidade de trabalhar se redime pela emancipação dos resíduos da servidão ancestral e pelo projeto da esquivança do sacrifício despropositado da vida pessoal ao interesse de poucos.

UTILIZE E CITE A FONTE
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s