TRABALHO: Fim do emprego – catástrofe inevitável, tragédia desnecessária.

Trabalho.

Cassandra painting

Para os gregos, uma katastrophê,ês (de kata, sobre + stréphein, guinada) era o desenlace, a reviravolta que fechava um poema ou uma composição teatral, como as tragédias.

O fim do sistema de emprego deveria estar sendo um desenlace. Poderia não ser o de uma tragédia.

A vinculação assalariada só ocorreu no Ocidente a partir do Renascimento. Foi, e continua sendo, intermitente e precária. Pior que isto: quase 90% da população empregada desperdiça sua vida fazendo coisas que prefeririam não fazer em lugares onde preferiam não estar.

O célebre estudo do Gallup ( 1990, replicado em 2013), que envolveu 230.000  trabalhadores em 142 países, revelou que apenas 13% das pessoas dizem se sentir engajadas e realizadas nos seus empregos. O estudo continua sendo replicado. A conclusão permanece: a grande maioria dos empregados, cerca de 63%,  não se interessa pelo que faz; 24 % de nós chega a odiar o seu emprego.

O trágico (gr. tragóidía, sacrifício ritual) do que estamos vivendo não está no fim do assalariamento, mas na inexistência de um esforço dos governos, dos legislativos e da acadêmia para tentar amenizar os custos emocional, social e até econômico do desenlace.

O que se vê é tão somente o zelo insano para que a metamorfose não atinja os interesses estabelecidos.

 

 

UTILIZE E CITE A FONTE.
Manguel, Alberto (2004). Uma história da leitura. Tradução de Paulo Maia Soares São Paulo. Companhia das Letras. P. 235

Pesquisa Gallup recuperável em http://www.gallup.com/topic/employee_engagement.aspx
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s