EPISTEMOLOGIA: Heurística – Experiência e experimentação.

Epistemologia.

Muitas expressões heurísticas têm base empírica. Não porque advenham, como os métodos epistemológicos, da experimentação, mas porque derivam da experiência.

A experimentação consiste em observar, interpretar e descrever um fenômeno em condições controladas. A experiência é o conhecimento obtido por meio dos sentidos, da prática não organizada, ou da sabedoria adquirida de maneira espontânea.

Enquanto os procedimentos epistemológicos buscam leis e regularidades, os procedimentos heurísticos se voltam para singularidades. Na experimentação testamos para ver o que acontece. Na experiência absorvemos o que acontece a nós e ao mundo.

A experimentação é sempre uma fotografia. O que a imagem fotográfica oferece é uma emanação da realidade que se deu no passado. Um fato, um dado, um real morto. Não se pode revivê-lo. Só se pode lembrá-lo como notícia do sinal colhido, daquilo que já não é.

A experiência é presente. Existe enquanto dura. Só se pode vivê-la uma vez. Tudo na experiência permanece íntimo. Seu sinal é colhido como sensação intuitiva do que é.

UTILIZE E CITE A FONTE.
Barthes, Roland (1984) A câmara clara: Nota sobre a fotografia. Trad. Julio Castanon Guimaraes. Rio de Janeiro. Nova Fronteira.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s