TRABALHO: O trabalhador absoluto.

Trabalho.

 

1926 - Der Mensch als Industriepalast (Homem como Palácio Industrial) - Fritz Kahn (1888–1968)

Os riscos da obsessão pelo trabalho são conhecidos desde que, em 502 ac., Tales de Mileto caiu no poço enquanto tentava calcular a conjunção elíptica do Sol e da Lua.

Nietzsche, ao se deter sobre o tema, escreveu que estar totalmente absorvido em alguma coisa é um impulso libidinal mais poderoso do que o amor ou o ódio, mais tenaz do que a fé ou a amizade; não raro, mais imperioso do que a própria vida.

O fascínio absorvente de atividades criativas é compreensível. Menos compreensível é o fervor daqueles que copiam e transferem listas burocráticas, escrevem relatórios que jamais serão lidos, fabricam a mesma peça na mesmíssima máquina anos a fio. Gente que vive em êxtase laboral, esperdiçando seus poderes físicos, mentais e nervosos com ninharias.

O trabalhador absoluto é uma personalidade suprimida de si mesma, desinteressada das possíveis aplicações práticas do seu esforço. Da honra, fortuna ou simples bem-estar que possam lhe trazer.

Para o trabalhador incondicional, o corpo, o intelecto, o mundo exterior, a sociedade, a família são estorvos no caminho para alcançar a perfeição na atividade que realizam.

Tal desinteresse é a única dignidade da sua obsessão.

UTILIZE E CITE A FONTE.
Cf. Steiner, George (2012). Tigres no espelho e outros textos da revista The New Yorker. Trad. Denise Bottmann. São Paulo. Globo

Nietzsche, Friedrich (2008). Humano, demasiado humano. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo. Cia. das Letras.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s