EPISTEMOLOGIA: Heurística – Elogio da solitude.

Epistemologia – Heurística.

Os dicionários não assinalam a disparidade, mas os termos latinos de së e sölus têm distintas conotações. A solidão – o sentir-se só – difere da solitude – o estar só.

A solidão é o atributo do abandonado e do segregado. A solitude é o atributo do retirado e do autárquico.

Joy Umali – Mobile Engineer & Product Designer San Francisco, USA

 

Enquanto a solidão é involuntária e patológica, a solitude é voluntária e terapêutica. Deve ser buscada para que a invenção e a descoberta sejam possíveis (Platão).

O solitário está sem os outros, mesmo quando está entre eles. Já o autárquico não prescinde das relações oferecidas pelo ambiente e pela vida cotidiana. Apenas procura se retirar para a comunicação com a natureza, com a verdade e com os seres humanos. Os coexistentes, os do passado e os do futuro.

UTILIZE E CITE A FONTE.
Cf. Hall, Donald. (2016). Between solitude and loneliness. In, The New Yorker. October, 15, 2006 

Platão (1981). Sofista. In, Platón, Obras completas (1981). Traducción y notas de María Araujo et al. Madrid. Aguilar S.A. de Ediciones.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s