TRABALHO: Atrahasis – Nascidos para trabalhar.

Trabalho.

A mais antiga das justificativas para a existência do trabalho deve-se à Enki, deus das Águas, que com seus irmãos Anu, deus do Céu e Enlil, deus da Terra, compunha o trio das divindades maiores da Suméria neolítica.

O argumento figura no Poema de Atrahasis, cujos temas, como o dilúvio e a arca de Noé, reaparecem em vários monumentos da Antiguidade, como no babilônico Emuma Elish, 2.000 anos posterior, que foi copiado ou confirmado na Torá, na Bíblia e no Corão.

A narrativa parte de que, dada a inexistência de escravos no Universo primevo, Enlil liderava numerosos deuses menores os obrigando a semear, irrigar, colher e armazenar os alimentos. Segue-se que, um dia, estes deuses se rebelaram. Declararam greve. Assustado, Enlil pediu conselho à Trindade. A solução para o conflito foi gerar seres inferiores para que trabalhassem no lugar dos deuses. Nós, os humanos.

O processo da nossa Criação, sugerido por Enki, consistiu em degolar o chefe dos rebeldes, mesclar seu sangue com o Pó da Terra e deste barro moldar sete mulheres e sete homens. Eles e sua descendência trabalhariam por toda vida, entregando aos poderosos do Universo o fruto do seu esforço.

Sabendo o que sabemos hoje, a justificativa para o trabalho que consta do Poema de Atrahasis não nos parece convincente. Salvo que seguimos trabalhando para carregar às costas sátrapas menores. Salvo que a ciência genética determinou que todos os humanos descendemos de, no máximo, sete Evas Mitocondriais.

 

UTILIZE E CITE A FONTE.
Dalley, Stephanie (2009). Myths from Mesopotamia. Creation, the Flood, Gilgamesh, and Others. Oxford. Oxford University Press.

Lambert, Wilfred G. et Parker S. M. (1970). Les religions du Proche-Orient Asiatique. Traduction de René Labat. Paris. Fayard-Denoël

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s