NOTAS: Max Weber – o processo de racionalização e o desencantamento do trabalho nas organizações contemporâneas.

Notas.

Este artigo indica algumas implicações do pensamento weberiano sobre a compreensão do trabalho e da forma de administrá-lo. Com base nos conceitos weberianos de racionalidade e de racionalização, é feita uma apreciação do trabalho na história ocidental, com ênfase no momento da passagem do capitalismo tradicional para o contemporâneo. A tese central é a de que as teorias de Weber são um modo válido para compreender o trabalho desencantado da atualidade.

This article discusses some implications of Weber’s thoughts about understanding and managing labor. Based on Weber’s concepts of rationality and rationalization, the article develops an account of the transformations of labor in Western history, stressing the shift from early to contemporary capitalism. The central thesis is that Weber’s theories are a well grounded way to explain today’s disenchanted work.

Clique aqui para ler o artigo na íntegra.

UTILIZE E CITE A FONTE.
THIRY-CHERQUES, Hermano Roberto. Max Webero processo de racionalização e o desencantamento do trabalho nas organizações contemporâneas. Rev. Adm. Pública [online]. 2009, vol.43, n.4, pp.897-918. ISSN 0034-7612.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s