NOTAS: Escrevedor.

Notas.

Deu no The Guardian.

Inteligência artificial financiada por Elon Musk escreve tão bem que seus criadores estão com medo.

Pesquisadores do grupo de pesquisa sem fins lucrativos OpenAI só queriam treinar seu novo software de geração de texto para prever a próxima palavra em uma frase. Só que ele superou todas as suas expectativas e foi tão bom em imitar a escrita de seres humanos que eles decidiram puxar o freio da criação enquanto imaginam os danos que poderiam ser causados se caísse em mãos erradas.

Elon Musk já deixou claro que ele acredita que a inteligência artificial é a “maior ameaça existencial” para a humanidade. Musk é um dos principais inanciadores do OpenAI e, embora tenha assumido um papel secundário na organização, seus pesquisadores parecem compartilhar suas preocupações sobre a abertura de uma caixa de Pandora de problemas.

Esta semana, o grupo de pesquisa compartilhou um artigo cobrindo seu mais recente trabalho sobre tecnologia de geração de texto, mas eles não seguiram sua prática padrão de divulgar a pesquisa completa para o público. Os cientistas estão com medo de que pessoas mal-intencionadas possam cometer abusos se tiverem acesso ao software. Em vez de lançar o modelo totalmente treinado, o grupo liberou um modelo menor para outros pesquisadores testarem.

Os especialistas usaram 40 GB de dados extraídos de 8 milhões de páginas da web para treinar o software GPT-2. Isso é dez vezes a quantidade de dados que eles usaram na primeira iteração da GPT. O conjunto de dados foi reunido no Reddit, selecionando links para artigos com mais de três votos positivos.

Quando o processo de treinamento foi concluído, eles descobriram que o software poderia ser alimentado com uma pequena quantidade de texto e continuar a escrever de forma convincente. Ele tem problemas com “tipos de conteúdo altamente técnicos ou esotéricos”, mas quando se trata de uma escrita mais conversacional, gerou “amostras razoáveis” em 50% do tempo.

Em um exemplo, o software foi alimentado com este parágrafo:

Em um achado chocante, o cientista descobriu uma manada de unicórnios vivendo em um remoto vale anteriormente inexplorado, na Cordilheira dos Andes. Ainda mais surpreendente para os pesquisadores foi o fato de que os unicórnios falavam inglês perfeito.

Com base nessas duas frases, a inteligência artificial foi capaz de continuar escrevendo essa fantasiosa notícia por mais nove parágrafos de uma forma que poderia ter sido escrita por um ser humano. Aqui estão os próximos parágrafos de máquina que foram produzidos pela máquina:

Clique aqui para a matéria original (em inglês).

UTILIZE E CITE A FONTE.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s