ÉTICA: As intenções dos ultraliberais.

Ética.

Reza a doutrina liberal que a sociedade será tanto mais equânime quanto mais os indivíduos particulares forem responsabilizados por suas ações. 

Segue-se que os indivíduos se tornariam tanto mais responsáveis quanto mais fossem deixados livres para perseguir seus próprios interesses. Dispondo inteiramente de si, as pessoas e os grupos se acomodariam naturalmente. O papel do Estado se limitaria ao de administrar o mínimo necessário para impedir a violação das regras do jogo de sobrevivência socioeconômica.

Ocorre que o extremismo ultraliberal distorceu ou anulou estas regras. Criou hierarquias organizacionais, “pirâmides de controle”, em que toda autoridade emana de cima para baixo e toda responsabilidade de baixo para cima. Construiu regimes em que os despossuídos se vêem privados da liberdade econômica. 

Os ultraliberais impõem a todos uma quimera sociopolítica. Tomam como natural que a responsabilidade dos proprietários possa ser limitada, que haja um quantum de irresponsabilidade autorizado a quem detém o poder econômico. Sabem muito bem que as “pessoas jurídicas” não existem de fato. Mas defendem que existam “sociedades anônimas”, isto é, propriedades que não pertencem a seres de carne e osso, mas a incógnitos, que, por isso, não podem ser responsabilizados, nem mesmo quando atentam contra o liberalismo. 

Ao violar a doutrina liberal, os lobos do livre mercado retiraram a pele de cordeiro que os acobertava. Expõem suas intenções, que nunca foram exatamente as de comer a vovozinha.

UTILIZE E CITE A FONTE.
Brady, Robert Alexander (1951). Business as a system of power. New York. Columbia University Press

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s