Fontes da filosofia moral – Bernard Willians: a bolha universalista.

Ética.

UNITED KINGDOM. October 16 1996.
Professor Bernard Williams , recently retired Professor of Moral Philosophy, Corpus Christi college, University of Oxford photographed at his home in Oxford for the Times Higher Education Supplement.
© TSL Education. Photo Neil Turner

As noções éticas não são imaculadas. As análises das experiências existenciais e psicológicas deixam claro que a motivação moral não passa de uma motivação entre outras.

Essa advertência, de Sir Bernard Arthur Owen Williams (1929-2003), fez estourar a bolha das teorias éticas universalistas na virada do milênio. Solapou o estatuto das razões-para-agir da filosofia moral kantiana, utilitarista e contratualista. Formas de pensar que põem a tônica nos interesses puramente racionais, ignorando os projetos que ocupam o horizonte próximo da vida comum das pessoas.

Willians argumentou que a culpa, a responsabilidade e o bom senso não se referem somente à ação voluntária. São, também, fruto da constituição psíquica e social, base da razoabilidade e da justificação das ações.

Em outros termos: o senso moral é fundado em razões internas, em compromissos, em desejos, em heranças culturais. As teorias, embora sirvam para explicitar e justificar a moralidade, torná-la mais consistente e corrigir ilogicidades como a dos preconceitos, não podem jamais guiar a ética substancial.

Williams tinha uma visão clara dos problemas tais como são, mas não tinha, nem pretendia ter, todas as respostas para as questões que levantava. No entanto, é licito depreender-se dos seus argumentos a inevitabilidade do pluralismo – o convívio na divergência – como saída única ao impasse estabelecido pelas teorias morais.

 

Williams, Bernard (2006) Ethics and the Limits of Philosophy. Abingdon, UK. Routledge

UTILIZE E CITE A FONTE.
CHERQUES, Hermano Roberto Thiry, 2020 – Fontes da filosofia moral – Bernard Willians: a bolha universalista. A Ponte: pensar o trabalho, o trabalho de pensarhttps://hermanoprojetos.com/2020/10/07/fontes-da-filoso…ha-universalista/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s