Delfos: conhece-te a ti mesmo.

Trabalho.

As escolhas que antecedem a vida profissional requerem, como toda a antecipação, um quantum de fantasia. Requerem conceber como será o mundo, como será a economia, como serão as organizações, como seremos nós no futuro. Requerem o impossível: que se possa imaginar objetivamente.

É por falta de imaginação que a maioria se ajusta à entidades semelhantes a colmeias, a alcateias ou a revoadas migratórias. É por falta de objetividade que se amoldam a essas configurações, pois nós, humanos, não somos como abelhas, lobos ou marrecos.

À diferença dos animais, o ser humano não tem instintos fixos. Têm pulsões, desejos e sentimentos. Os relatos sobre os “infans”, crianças abandonadas antes da fala que lograram sobreviver isolados, demonstram que a ideia de que a natureza humana repousa sobre estruturas invariáveis é equívoca.

Somos únicos no tempo e na circunstância. Somos diferentes, inclusive daquilo que fomos e daquilo que seremos. Por isso, os melhores e mais aptos das novas gerações logo se dão conta de que devem encontrar um lugar na economia e na sociedade estudando a si mesmos. Que devem inventar um emprego, uma forma de inscrever suas habilidades e interesses em um futuro absolutamente incerto e, logicamente, desconhecido.

Gnothi seauton, conhece-te a ti mesmo. A epígrafe do templo de Delfos diz que que devemos perceber com clareza o que queremos pedir aos deuses. Não é uma norma de conduta, mas uma forma de lapidar o próprio destino.

 

UTILIZE E CITE A FONTE.
CHERQUES, Hermano Roberto Thiry, 2015 – A divisão idílica do trabalho. A Ponte: pensar o trabalho, o trabalho de pensar https://hermanoprojetos.com/2020/10/14/delfos-conhece-te-a-ti-mesmo/

 

REFERÊNCIAS:
Cf.  Chomsky, Noan (2004). Notas sobre o anarquismo. Tradução de Felipe Corrêa, Bruna Mantese, Rodrigo Rosa, Pablo Ortellado. São Paulo. Sedição Editorial.
Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s