Notas sobre barreiras à argumentação moral: ética nas organizações.

Notas.

960x0Este artigo resume algumas das barreiras à argumentação ética válida: a falta de identificação dos fatos, o viés da emocionalidade, a recorrência das convicções arraigadas, as falsas certezas, as normas cujos fundamentos são outros que não os éticos. Essas dificuldades na argumentação sobre a moral são multiplicadas pela abundância de regras e preceitos que pesam não só sobre o mundo comunitário, mas sobre o mundo privado.

O artigo questiona se a atual retomada da discussão ética em bases filosóficas não decorreria da constatação da inviabilidade de qualquer outro tipo de argumentação.

 

Notes on barriers against moral reasoning: ethics in organizations.

This paper summarizes some of the barriers against valid ethical reasoning: the non-identification of the facts; the emotional bias; the recurrence of deeply rooted convictions; the false assurances; the norms based on other than ethical principies. These difficulties in moral reasoning are multiplied by the profusion of rules and guidelines that burden both the communal and the private world.

The paper questions if the current retum of the ethical discussion on philosophical basis wouldn’t arise from finding unfeasible any other kind of reasoning.

Recuperável em http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rap/article/view/7665

CHERQUES, H. R. T.. Notas sobre barreiras à argumentação moral: ética nas organizações. l. Revista de Administração Pública, Rio de Janeiro, v. 33, p. 27-33, 1999.

UTILIZE E CITE A FONTE.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s