Adão e Eva no Paraíso digital.

Perplexidades.

adaoeevaA nossa personalidade é o que determina o que vestimos, onde vamos, com quem nos relacionamos. Configura as identidades. A Web, ao contrário, despersonaliza; anula as identidades.

Até o final do século passado, havia a esperança de que as personalidades poderiam se defender por vácuos íntimos de não-comunicação. No início deste século surgiu a esperança de que a sobrecarga de lixo informacional esgarçaria as malhas opressivas das interações sociais. Nem a emancipação, nem a catástrofe ocorreram.

Vieram as redes digitais.

Nas redes, as teias de comunicação reconstroem-se continuamente. Erigem um mundo em que as pessoas formam agremiações sem uma condição de pertencimento. Quase tudo o que nelas flui permanece no limbo do presente contínuo que, para os eruditos medievais, foi uma das definições do Inferno.

A Internet destrói as personalidades porque é constituída pelos que a integram e não pela eletrônica que a serve. Inexistem fios. Só conexões. Mãos dadas, mentes emparelhadas, nós não caímos em uma armadilha: nós somos a armadilha. Conectores ocos, transumanos sem umbigo, instauramos a era da cultura erigida sobre o vazio. Somos os Adãos e as Evas do nada.

 

UTILIZE E CITE A FONTE.
CHERQUES, Hermano Roberto Thiry, 2022 -Adão e Eva no Paraíso digital. A Ponte: pensar o trabalho, o trabalho de pensarhttps://hermanoprojetos.com/2022/01/17/adao-e-eva-no-paraiso-digital/

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s