A histeria ideológica.

Nota.

cc1622511b93ecabfc7c65772a2a4c47
Weeping Woman 1937 Pablo Picasso 

A decadência cultural e o cientificismo favorecem a histeria ideológica. A neurose induzida pela conveniência requerida para a inserção social e organizacional, pela onipotente banalização do palavreado dos meios de comunicação de massa.

A “liberdade” estalinista, o “triunfo da verdade” nazista, o “crer, obedecer, combater” do fascismo, o “mundo livre” americano são pálidos exemplos do que hoje é veiculado na web.

 

 
UTILIZE E CITE A FONTE.
CHERQUES, Hermano Roberto Thiry, 2022 – A histeria ideológica. A Ponte: pensar o trabalho, o trabalho de pensarhttps://hermanoprojetos.com/2022/02/07/a-histeria-ideologica/

 

REFERÊNCIAS:
Cf. Camus, Albert (1979) Núpcias, O verão. Tradução de Vera Queiróz da Costa e Silva. Rio de Janeiro. Editora Nova Fronteira. Círculo do Livro.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s