Instituições decrépitas.

Notas.

Apolo concedeu a vida eterna à Sibila de Cumas. Mas não a eterna juventude. A sibila envelhece sem cessar. Não a vemos porque, escondida no fundo do Oráculo, definha e murcha. Essa é a miséria das instituições. Sombras decaídas do que foram, recusam-se a morrer.

UTILIZE E CITE A FONTE.
CHERQUES, Hermano Roberto Thiry, 2022 –  A Ponte: pensar o trabalho, o trabalho de pensar.  https://hermanoprojetos.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s