A queda do muro da divergência.

Notas.

Em um amálgama de ideologias e concepções de mundo não há embate esclarecedor. Confusos, os que buscam sabedoria encontram somente conhecimento, os que buscam conhecimento encontram somente informação. Terminam por inclinar-se para a derrocada e para a ruptura. Produzem apenas vazio e perplexidade. Já não encontram amparo no muro da divergência. O adversário evanesceu. O lutador já não tem a possibilidade do clinch repousante. Aos tombos, caminha a esmo, como o bêbado que não encontra o poste a que se agarrar.

 

Svendsen, Lars (2006) Filosofia do tédio. Tradução: Maria Luiza X. de A. Borges. Rio de Janeiro. Jorge Zahar Editores.

 

UTILIZE E CITE A FONTE.
CHERQUES, Hermano Roberto Thiry, 2022 –  A Ponte: pensar o trabalho, o trabalho de pensar –  https://hermanoprojetos.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s