A sinalética do presente.

Perplexidades.

O que a expressão “encontrar o significado” denota? Denota descobrir o que a palavra, o signo, o semantema, o termo, o sinal, o símbolo, o ícone representam.

Se, a título de exemplo, investigamos o mais familiar dos signos, a letra A, o ícone que está-no-lugar do fonema /a/, veremos que é o inverso de uma cabeça de boi, com seus dois chifres e o jugo, representação da fertilidade agrícola. Se seguimos com o B, veremos que é uma figura que está-no-lugar dos seios femininos. No formato da garra do γ, o gama, que dá origem ao C, encontraremos o signo que descreve a ligação entre o homem e a mulher – a gamie ou casamento – a cópula, mas também a cooperação, a coabitação e assim por diante.

Esse pequeno exercício mostra que desde os primórdios da civilização greco-romana, que é a nossa, a sinalética espelha a vida familiar: a reprodução, as noções ideais do homem e da mulher; a casa, (domus) que está no D, e que está no E, da cerca que a protege, o esforço humano no F do arado … etc. Mostra, também, que a sinalética perde e ganha sentidos à medida que o tempo transcorre. Não só porque o símbolo não é um elemento antropológico essencial, mas porque a vida cotidiana, os sentimentos, os materiais e as linguagens se alteram segundo época e circunstância.

A sinalética de hoje é iletrada. Não há uma palavra, mas um símbolo no homem que segura a pá do trabalho, no sinal de perigo do raio de energia, nos ícones do tráfego de máquinas, animais e seres humanos. É revelador que os símbolos mais frequentes da atualidade sejam o do extintor, o da radiação, o da saída, o da escada. Ícones que estão no-lugar-do perigo, da sobrevivência, do escape, da fuga para fora dos claustros da civilização a qual pertencemos.

 

REFERÊNCIAS.
Pequena história das grandes ideias: como a filosofia inventou nosso mundo. Tradução de Peterso Rissatti. Rio de Janeiro. Tinta Negra.

 

UTILIZE E CITE A FONTE.
CHERQUES, Hermano Roberto Thiry, 2022 –  A Ponte: pensar o trabalho, o trabalho de pensar – A sinalética do presente. –  https://hermanoprojetos.com/2022/08/22/a-sinaletica-do-presente/

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s