campo

Pierre Bourdieu: a teoria na prática.

Epistemologia.

Este artigo apresenta um programa para aplicação da forma de investigar de Pierre Bourdieu às pesquisas em ciências humanas e sociais. A partir da exposição sobre as suas fontes e práticas epistemológicas, o artigo discute o sistema de conceitos que Bourdieu utiliza e desenvolve um roteiro genérico de pesquisa baseado nas suas investigações.

Conclui com um resumo das críticas às suas concepções e uma apresentação sintética do seu legado.

Clique aqui para ler o texto na íntegra e aqui para baixar o Caderno de Campo gratuitamente.

UTILIZE E CITE A FONTE.
Anúncios

Conceitos operacionais em Pierre Bourdieu

Epistemologia & Método

O ponto de partida da sóciofilosofia de Pierre Bourdieu é o de que, na construção do objeto investigado, é preciso separar as categorias que pré-organizam o mundo social e que se fazem esquecer por sua evidência. O que significa levar à campo conceitos sistêmicos, ideias que pressupõem uma referência permanente ao sistema completo das suas inter-relações, noções que estão referidos a uma teoria.

Os conceitos primários formulados e aperfeiçoados por Bourdieu são o de ‘habitus’ e o de ‘campo’. A estes se agregam outros, secundários, mas nem por isto menos importantes, e que formam a rede de interações que orienta a sociologia relacional, a explicação, a partir de uma análise, em geral fundada em estatísticas, das relações internas do objeto social. A teoria do ‘habitus’ e a teoria do campo são entrelaçadas. Uma é o meio e a consequência da outra.

O texto completo está no livro Métodos Estruturalistas.

utilize