profissão

Para 80% dos empresários, funcionários rendem pouco

CATEGORIA NTDeu na Folha:

Uma pesquisa realizada pela consultoria BTA mostra que quase 80% dos empresários brasileiros dizem não acreditar que seus funcionários usam todo seu potencial no ambiente de trabalho.

Para eles, o principal motivo para o baixo desempenho é a insatisfação com o desequilíbrio entre a vida profissional e a pessoal.

Isso reflete nos resultados da empresa: 75% dos entrevistados dizem que a companhia não atua com desempenho máximo possível e 73% assumem que o processo decisório interno é lento – metade considera que as reuniões duram mais que o necessário, por exemplo.

Quando perguntados sobre o tempo improdutivo na rotina de trabalho, 51% afirmam que ele representa de 16% a 30% da carga horária total.

Leia aqui a matéria original na íntegra.

UTILIZE E CITE A FONTE.

Anúncios

As profissões fadadas a extinção

CATEGORIA NT

leiteiroO CareerCast divulgou uma lista que indica as 10 profissões que mais estão ameaçadas de “extinção” nos Estados Unidos em 2014. O desenvolvimento acelerado da tecnologia de nossa era digital é o fator de maior influência. Com base na média de salário anual de cada profissão e no cálculo da perspectiva de contratação de cada profissional até o ano de 2022, temos a lista abaixo:

1. Carteiro
2. Agricultor/Trabalhador do campo
3. Leitor de medidor
4. Repórter de jornal
5. Agente de viagens
6. Lenhador
7. Comissário de bordo
8. Operador de furadeira
9. Atendente de impressão/Trabalhador da impressão gráfica
10. Inspetor tributário e coletor de impostos

Leia aqui a matéria original na íntegra.

UTILIZE E CITE A FONTE.

Brasileiro é o profissional mais estressado do mundo

CATEGORIA NT

stressDeu na TV Globo:

Brasileiro é o profissional mais estressado do mundo, revela estudo.

A pressão por resultados, o excesso de trabalho e a falta de reconhecimento são fatores que tornam os profissionais brasileiros os mais estressados do mundo. A pesquisa foi feita em 13 países com diretores de grandes empresas.

No Brasil, 42% dos entrevistados afirmaram que os funcionários enfrentam estresse e ansiedade, número muito acima da média mundial, que é de 11%. Os dados do Ministério da Previdência confirmam o problema: desde 2010 houve um aumento de 41,9% no número de afastamentos causados por estresse grave e dificuldade de adaptação.

“O que no passado era feito por 10,15 trabalhadores, hoje é feito por um, dois ou três. Então, há um aumento da sobrecarga mental, da responsabilidade no ambiente de trabalho e isso também gera adoecimento mental. Isso também agrava as funções psicológicas e mentais do trabalhador”, analisa Marco Antonio Peres, diretor do Departamento de Políticas de Saúde Ocupacional do Ministério da Previdência.

Clique aqui para ler na íntegra.

UTILIZE E CITE A FONTE.

TIM é condenada a pagar 5 milhões a ex-funcionária por controlar ida ao banheiro

CATEGORIA NT

folha_de_s_paulo_136114

Deu na Folha:

A empresa de telefonia TIM foi condenada pela Justiça do Trabalho no Paraná a pagar uma indenização de R$ 5 milhões a uma ex-funcionária, por danos morais. A companhia pode recorrer da decisão.

Clique aqui para ler na íntegra.

UTILIZE E CITE A FONTE.

Sem estresse

CATEGORIA NT

careercast

De acordo com pesquisa efetuada pelo CareerCast, a maior rede de emprego dos EUA, as 10 profissões menos estressantes de 2013, pelo menos nos EUA, e as razões para figurarem no ranking são as seguintes:

  1. Professor universitário – trabalho importante e não avaliado
  2. Costureira / alfaiate – trabalho criativo em ambiente tranquilo
  3. Técnico em exames médicos – sem contato com públicos e poucas responsabilidades
  4. Joalheiro – sem contato com públicos e lucrativo
  5. Técnico de laboratório – sem contato com públicos e pouca pressão
  6. Audiologista – ambiente tranquilo e público afável
  7. Nutricionista – planejamento e responsabilidade reduzida
  8. Cabelereiro – trabalho criativo e ambiente alegre
  9. Bibliotecário – ambiente tranquilo e trabalho sistemático
  10. Operador de prensa – pouco risco e trabalho sistemático

UTILIZE E CITE A FONTE.

Quem tem filhos lida melhor com trabalho e vida pessoal

CATEGORIA NT

maos_pai_e_filhoProfissionais com filhos se saem melhor na hora de equilibrar as demandas do trabalho e da vida pessoal do que os colegas sem filhos, segundo pesquisa coordenada pelo professor Jarrod Haar, da Universidade de Massey, na Nova Zelândia. Ele pesquisou os níveis de equilíbrio no trabalho e na vida pessoal dos profissionais com filhos e sem filhos.

A pesquisa foi feita com 609 profissionais com filhos e 708 pessoas que não tinham filhos. O estudo revela que 52% dos pais se sentem felizes com o equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal, enquanto o índice entre as pessoas sem filhos é de 42%.

Matéria publicada no portal Globo.com. Clique aqui para ler na íntegra.

UTILIZE E CITE A FONTE.

Vamos estudar

CATEGORIA NT

IPEA-Logo

A listagem das dez carreiras de nível superior com maior expansão de vagas no Brasil (2009-12) surpreendeu muita gente. Segundo o boletim Radar – Tecnologia, Produção e Comércio Exterior, do Ipea, são as seguintes as profissões mais demandadas:

 

1ª      Analista de TI

2ª      Enfermagem

3ª      Relações públicas – publicidade

4ª      Secretariado executivo

5ª      Farmácia

6ª      Administração

7ª      Engenharia civil

8ª      Recursos humanos

9ª      Advocacia

10ª  Magistério – ensino fundamental

UTILIZE E CITE A FONTE.

Pesquisa indica as 10 piores profissões do Brasil

CATEGORIA NT

Deu na Folha:

carteira-de-trabalho1Uma pesquisa realizada pelo site de busca de empregos Adzuna.com resultou em uma lista dos dez melhores e piores empregos no Brasil.

O estudo, baseado nas vagas anunciadas no site, analisou mais de 2.000 profissões. Cada uma delas recebeu uma pontuação a partir de diferentes critérios, incluindo potencial financeiro, ambiente de trabalho, competitividade e demanda de mercado.

Os motoristas de ônibus e entregadores encabeçam o ranking dos piores trabalhos, que ainda inclui jornalismo e ser policial.

Clique aqui para ler na íntegra.

UTILIZE E CITE A FONTE.

Seis em cada dez trabalhadores trocam de emprego em um ano

CATEGORIA NT

logo_abre

Deu no Estadão.

Diante da alta rotatividade, governo deve mudar concessão de benefícios para estimular permanência no emprego.

Clique aqui para ler na íntegra.

 

UTILIZE E CITE A FONTE.

Profissões Mais Bem Pagas

CATEGORIA NT

logo-fgv

Médicos e administradores estão no topo da lista de profissões mais bem pagas do país, de acordo com o estudo ‘O Retorno da Educação no Mercado de Trabalho’, divulgado este mês pela FGV (Fundação Getúlio Vargas).

Os médicos com mestrado ou doutorado estão no topo da lista de chance de ocupação, com 93% de probabilidade de estar empregado. Esta categoria tem uma remuneração salarial média de R$ 8.966. Em compensação, os médicos também lideram a lista do número de horas trabalhadas por semana, com uma jornada média de 52,02 horas.

Já os médicos com graduação tem um salário médio de R$ 6.705 e uma probabilidade de ocupação de 90%. No sentido oposto, os formados em teologia estão entre as piores colocações e em terceiro lugar na
jornada de trabalho, com 49,03 horas semanais.

Para saber a média salarial de sua profissão, já dividida por critérios de sexo, raça, idade e grau urbano a FGV lembra, no entanto, que os salários do quadro são de 2000 e precisam ser multiplicados por 1,55 para se chegar aos valores atuais corrigidos pela inflação.

Para a FGV, a pesquisa comprova a relação direta entre escolaridade e remuneração. ‘A hierarquia educacional se reflete na hierarquia dos resultados observados no mercado de trabalho, ou seja, aquele que estudou mais recebe salários mais altos e tem maiores chances de conseguir trabalho’, afirmou o coordenador do estudo, o economista Marcelo Neri.

Ele destaca que a pesquisa pode ser instrumento tanto do desenho de políticas públicas como para auxiliar a escolha do cidadão na hora de prestar vestibular ou escolher um curso de pós-graduação de acordo com o retorno que cada profissão pode oferecer.

Veja os 10 primeiros da lista com salários atualizados:

1- Medicina (mestrado ou doutorado): R$ 8.966,07

2- Administração (mestrado ou doutorado): R$ 8.012,10

3- Direito (mestrado ou doutorado): R$ 7.540,79

4- Ciências econômicas e contábeis (mestrado ou doutorado): R$ 7.085,24

5- Engenharia (mestrado ou doutorado): R$ 6.938,39

6- Medicina (graduação): R$ 6.705,82

7- Outros cursos de engenharia (graduação): R$ 6.141,05

8- Engenharia mecânica (graduação): R$ 5.576,49

9- Engenharia civil (graduação): R$ 5.476,85

10- Outros cursos de mestrado ou doutorado: R$ 5.439,32

Clique aqui para ler na íntegra.

UTILIZE E CITE A FONTE.

Centenas de projetos na Câmara preveem novas regras para profissões

CATEGORIA NT

folha_de_s_paulo_136114

Deu na Folha.

Quem entrar no curso de medicina a partir de 2015 terá que trabalhar dois anos no SUS (Sistema Único de Saúde) para exercer a profissão.

A determinação, que consta em medida provisória e precisa ser aprovada pelo Congresso, é apenas uma das propostas que alteram as regras para uma profissão. Na Câmara, há centenas de projetos de leis em tramitação para dizer quem pode fazer o que e de qual forma.

Clique aqui para ler na íntegra.

UTILIZE E CITE A FONTE.

Carreiras em desaparecimento

CATEGORIA NT

forbes-logo11

Segundo projeções da Forbes, uma série de profissões deverá desaparecer ou declinar nos próximos 10 anos. Algumas, como a de carteiro e operadores de telefonia, são mais ou menos óbvias. Outras são difíceis de entender, mas, considerando as projeções anteriores da Forbes, é melhor estar atento.

 

 

A seguir, doze exemplos de carreiras a serem evitadas:

  1. Fazendeiros e gerentes de fazenda;
  2. Operadores de máquinas de costura;
  3. Cozinheiros de fast-food;
  4. Trabalhadores agrícolas;
  5. Digitadores;
  6. Vendedores de porta-em-porta;
  7. Consertadores de eletrônicos;
  8. Arquivistas;
  9. Operadores de computador;
  10. Floristas;
  11. Operadores em refinarias;
  12. Gerentes de empréstimos.

UTILIZE E CITE A FONTE.

Vamos viajar

CATEGORIA TR

Sobreviver ao trabalho

Segundo extensa e bem documentada reportagem da BBC, os países emergentes e não emergentes também, estão tentando, às vezes desesperadamente, importar cérebros – profissionais altamente qualificados – de onde quer que venham. No caso do Brasil, os profissionais mais requisitados são: engenheiros mecânicos, engenheiros elétricos, programadores e desenvolvedores de TI, engenheiro de TI, engenheiros civis, programadores e analistas de data-base.

Três ilações são óbvias: 1. Esta gente só vem com salários altos; 2. Quem já os tem, que pague bem, senão irá perde-los. 3. Há muita gente mal remunerada que irá embora, não só profissionais destas áreas, que são também requeridas pelos outros países, mas profissionais como médicos, enfermeiros, maitres d’hotel, contadores, dentistas, farmacêuticos, fonoaudiólogos, psicólogos, radiologistas, profissionais que são demandados em lugares bem legais, como a Austrália, a Áustria, a Bélgica, o Canadá, a Finlândia, a Irlanda, a Noruega, a Suíça e os Estados Unidos.

Veja aqui o mapa completo de profissões por país.

UTILIZE E CITE A FONTE.